Faculdade de Medicina realizada na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Residência em Oftalmologia no Hospital das Clínicas da USP. Atuou como preceptor da Clínica Oftalmológica da USP. Realizou especialização em Retina e Vítreo no mesmo hospital. Desde então, atuante como médico voluntário no serviço de Ecografia Ocular. Atualmente, médico do Setor de Retina Clínica e Cirúrgica da Eye Clínic (São Paulo); atendimentos ambulatoriais e cirurgias de catarata no Hospital Regional de Cotia.


Formação Acadêmica:

Graduação em Medicina - Universidade Federal do Espirito Santo
Residência em Oftalmologia - Faculdade de Medicina da USP
Especialista em Oftalmologia - Título expedido pelo CBO e AMB
Especialista em Retina e Vítreo - Hospital das Clínicas - Faculdade de Medicina da USP
Membro da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo
Membro da Sociedade Brasileira de Catarata e Cirurgia Refrativa
Médico do setor de Ecografia Ocular - Hospital das Clínicas - Faculdade de Medicina da USP

Conheça as Especialidades

doenças-retina

Oftalmologia geral:

Exame de refração (óculos), medida da pressão intraocular, exame de fundo de olho (pesquisa de glaucoma e doenças da retina).

Cirurgia de catarata:

Tratamento cirúrgico da catarata (envelhecimento do cristalino) com implante de lentes intraoculares monofocais, tóricas e multifocais.
[OFTTM]- serviço 6

Retina:

Avaliação da retina (fundo de olho); exames complementares e diagnósticos para as doenças retinianas. Tratamento das doenças da mácula (degeneração relacionada à idade, edema macular, retinopatia diabética), inclusive injeções intravítreas (intraoculares). Tratamento cirúrgico de descolamentos da retina, buraco macular e membrana epirretiniana. Fotocoagulação (LASER) da retina.
OFTTM-serviço-11

Ultrassonografia Ocular:

Exame destinado à avaliação do globo ocular e das estruturas em seu redor usando a técnica de ultrassonografia. Indicado quando há impossibilidade de visualização do fundo do olho devido a catarata, inflamação, sangramento ou trauma. Aplica-se também no diagnóstico de acompanhamento de tumores intraoculares. É indolor, não invasivo e não requer uso de colírios.
Roger Simões Miranda - Doctoralia.com.br
Marque sua consulta