Injeções Intravítreas

dezembro 4, 2020

Cirurgia de miopia: quem pode fazer, tipos e riscos

fevereiro 17, 2021

Close up of a blue human eye wearing a contact lens

Crosslinking Corneano

Quando alguém recebe o diagnóstico de CERATOCONE, a primeira pergunta que o oftalmologista tem que responder é: A DOENÇA ESTÁ ESTÁVEL?

Muitas vezes, até mesmo o objetivo de melhorar a visão fica em segundo plano, pois é necessário agir rápido caso o ceratocone esteja progredindo.

Até hoje, a única cirurgia comprovada cientificamente que estabiliza o ceratocone é o CROSSLINKING CORNEANO. É uma cirurgia não invasiva, indolor e com poucos riscos.

A cirurgia consiste em pingar na córnea uma vitamina chamada Riboflavina durante 30 minutos, logo após, há a irradiação de luz UV-A por 10 a 30 minutos, e pronto!

Apesar de ser considerada uma cirurgia segura, o pós operatório exige cuidados e acompanhamento oftalmológico especializado! É necessário usar medicação correta para prevenir infecções e analgésicos. A exposição ao sol também deve ser evitada principalmente nas primeiras semanas.

O crosslinking corneano tem uma eficácia de estabilização do ceratocone em torno de 95%.

Mas lembre-se da importância de prevenir que a doença evolua: evite coçar seus olhos!

Dra. Camilla Totti
CRM: 157.986

Marque sua consulta